O Coritiba apresentou, oficialmente, Fábio Matias como o seu novo treinador para a sequência da temporada. O técnico concedeu uma entrevista coletiva, na tarde desta terça-feira (18), no CT da Graciosa, e falou sobre a sua experiência dentro do futebol brasileiro. O profissional já comandou o Alviverde no empate com o Goiás, no último domingo, e se prepara para o seu segundo jogo à frente da equipe.

Nome ainda pouco conhecido por parte da torcida, Fábio falou sobre a sua trajetória até chegar ao Coritiba. O profissional estava no Botafogo, onde trabalhou como auxiliar de Artur Jorge e também como treinador das categorias de base. Porém, segundo ele, o foco sempre foi ter uma oportunidade como treinador principal, fato que pesou para aceitar o convite do Coxa, além do projeto que o clube apresentou.

Eu, na verdade, nunca fui auxiliar: sempre fui treinador. No Botafogo, só fui auxiliar por uma necessidade de transitar entre base e profissional. Tive a procura de outros clubes, mas o Coritiba foi o que melhor me atentou em alguns pontos, como o Paulo (Autuori), que tem uma experiência incontestável no futebol. Meu desejo sempre foi ser treinador de equipes principais. Para mim, deixar a minha família no Rio e vir para cá é porque eu senti firmeza no projeto do Coritiba. Tenho convicção no meu trabalho porque estou cercado de bons profissionais para me ajudar a executá-lo”, afirmou.

Utilização da base do Coritiba

Um dos motivos para a contratação de Fábio Matias foi a boa relação do profissional com os atletas de base. Com experiência na formação de jogadores em diferentes clubes, o técnico chega ao Coritiba com a missão de equilibrar a juventude com a experiência do elenco. Segundo o treinador, a ideia é dar espaço para os jovens ativos do clube e não desperdiçar os talentos que surgirem no Alviverde.

“Acreditamos no potencial dos jovens do clube, temos um grupo com média de idade baixa para a Série B, mas que têm energia e estão buscando os seus espaços. Parte do projeto do Coritiba é aproveitar a base e dar espaços aos atletas. Estou cansado de ver por onde passei o não aproveitamentos de talentos do clube”, analisou. Ao longo desta temporada, alguns dos destaques da equipe são atletas recém-promovidos da base, como o goleiro Pedro Morisco e o atacante Lucas Ronier.

Jogo contra o América-MG e retorno de Gómez

Fábio Matias também projetou o duelo com o América-MG, nesta quarta-feira (19), às 21h30, no Couto Pereira, e confirmou o retorno do meia Sebastián Gómez. O meia voltou ao Coritiba após ser cortado pela seleção colombiana antes da Copa América. Porém, o treinador, ainda não confirmou se o atleta terá condições de começar o jogo como titular. O Alviverde busca a vitória para colar no G4 da Série B.

Amanhã temos um jogo chave, em especial por ser dentro de nossa casa, com o apoio do nosso torcedor. Tivemos uma sessão de treino bem interessante nesta manhã. O retorno do Sebás é importante para nós, é um dos destaques da equipe. Ele está à disposição para a partida, mas precisamos analisar alguns contextos, como a chegada dele e o fuso-horário, para definir se começa ou não”, concluiu.

Coritiba x América-MG terá cobertura total da Banda Bcom narração de Anderson Luis, comentários de Cristian Toledo e reportagens de Jhonatan Mendes e Gabriel Ortiz. A transmissão começa a partir das 21h15. Acompanhe a partida pelo AM 550, pelo FM 79.3no nosso aplicativo, nas redes sociais e pelo nosso canal no YouTube.

Fábio Matias, técnico do Coritiba.
Treinador foi apresentado, no CT da Graciosa. Foto: Vinicius Bittencourt/Banda B

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Fábio Matias valoriza projeto do Coritiba e garante utilização da base

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.