Passageiros que estavam em um veículo da linha Fazenda/Pinheirinho tiveram uma tarde de terror, nesta terça-feira (19), após sofrerem com um arrastão. O veículo do transporte coletivo passava pela BR-116, no bairro Campo de Santana, em Curitiba, quando foi invadido por criminosos.

arrastão-ônibus-rmc-correta
Linha de ônibus metropolitana conhecida por arrastões sofre com mais um crime em Curitiba. Foto: Reprodução/Colaboração

Segundo um dos passageiros, que conversou com a Banda B sob a condição de não ser identificado, os dois ladrões foram agressivos e causaram pânico entre as vítimas.

Ambos são brancos. Um deles estava na frente, camisa meio escura. O outro que entrou assaltando todo mundo estava de branco, estava com a faca que lembra ser de açougueiro, com o cabo grande e longo.

descreveu.

De acordo com quem utiliza a linha, este não foi o primeiro assalto na mesma região. Veja imagens do crime, abaixo:

O que diz a Agência de Assuntos Metropolitanos do Paraná (AMEP)?

A Banda B procurou a Agência de Assuntos Metropolitanos do Paraná (AMEP) para comentar sobre a segurança nos transportes coletivos metropolitanos. Ela se posicionou sobre o episódio por meio de nota enviada à Banda B. Veja abaixo:

A Agência de Assuntos Metropolitanos do Paraná (AMEP), vem por meio desta atualizar as informações referentes ao incidente ocorrido hoje, 19/03/2024, por volta de 13h11, no ônibus da linha F01 – Fazenda/Pinheirinho.

Durante a operação, a motorista estava conduzindo o veículo de prefixo 15005, quando parou para o embarque de três indivíduos no ponto localizado abaixo do viaduto da Pompéia, no sentido Fazenda. Um dos indivíduos pagou a passagem em dinheiro, outro pulou a catraca e o terceiro anunciou o assalto, rendendo a motorista com uma arma de fogo. Os dois assaltantes estavam armados com facas e realizaram um arrastão nos passageiros, recolhendo apenas os celulares de pelo menos 40 pessoas.

Após o roubo, um dos assaltantes subtraiu cerca de R$ 146 da gaveta da motorista (R$ 66, provenientes das passagens e mais R$ 80 de troco) e desceram no ponto da BR 116 esquina com a rua Ângelo Burbello, tomando rumo desconhecido.

Após acionado o serviço de emergência 190, as forças de segurança prestaram assistência aos passageiros e fizeram o boletim de ocorrência.

Agência de Assuntos Metropolitanos do Paraná (AMEP).

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Linha de ônibus metropolitana conhecida por arrastões sofre com mais um crime em Curitiba; vídeo

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.