O Athletico está garantido no mata-mata da Copa Sul-Americana. Na noite desta quarta-feira (08), o Furacão goleou o Rayo Zuliano por 5×1, no Brígido Iriarte, em Caracas, pela quarta rodada da fase de grupos. Com o resultado, a equipe paranaense segue com 100% de aproveitamento e com a melhor campanha da competição. Agora, o Rubro-Negro foca em assegurar a liderança do grupo E. Mastriani (duas vezes), Esquivel, Di Yorio e Felipinho marcaram os gols do triunfo.

O Athletico retorna a campo diante do Palmeiras, no domingo (12), às 16h, na Arena Barueri, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Já na Sul-Americana, o próximo compromisso do Furacão é diante do Danubio, na quarta-feira (15), às 19h, na Ligga Arena. Um empate será o suficiente para garantir ao Rubro-Negro a liderança do grupo E e a vaga direta às oitavas de final.

O jogo do Athletico

O Athletico demorou a encontrar espaços e parecia que teria dificuldades. Só parecia. A diferença técnica era enorme, e o Zuliano resistiu só até onde pôde. Aos 22 minutos, Esquivel invadiu a área e precisou finalizar duas vezes para vencer o goleiro e abrir o placar. O gol fez com que os venezuelanos sentissem o golpe e dessem mais campo ao Rubro-Negro, abrindo a “porteira”. Com assistências de Zapelli e Cuello, Mastriani fez dois gols em um intervalo de quatro minutos e sacramentou a vitória ainda no primeiro tempo.

A vantagem deu a possibilidade de Cuca promover testes no segundo tempo e colocar nomes como João Cruz, Romeo Benítez e Di Yorio. Sem nada a perder, o Zuliano partiu pra cima e descontou, com Ochoa – primeiro gol sofrido pelo Rubro-Negro nesta Sul-Americana. Mas nada que ameaçasse o controle do Athletico na partida. Aos 29′, o árbitro marcou pênalti em João Cruz, e Di Yorio converteu. Pouco depois, Felipinho arriscou de fora da área e contou com a colaboração do goleiro para marcar o quinto. E ficou assim: 5×1, Furacão classificado antecipadamente.

Ficha técnica

COPA SUL-AMERICANA
Fase de grupos – 4ª Rodada

RAYO ZULIANO 1×5 ATHLETICO

Rayo Zuliano
Corredor; Angel Faria (Jaider Julio), Hermes Rodríguez, Penilla e Albert Barboza (Yvan Bello); Edwin Castro (Quintero), Araujo, Heiderber Ramírez e Montiel (Jhan Velez); Saimon Ramírez (Jose Ochoa) e Colina.
Técnico: Elvis Martínez

Athletico
Léo Linck; Madson, Marcos André, Felipinho e Fernando (Léo Godoy); Alex Santana, Christian e Zapelli(João Cruz); Esquivel (Benítez), Cuello (Julimar) e Mastriani (Di Yorio).
Técnico: Cuca

Local: Estádio Nacional Brígido Iriarte (Caracas-VEN)
Árbitro: Bryan Loayza (EQU)
Assistentes: Cristian Lescano (EQU) e David Vacacela (EQU)
VAR: Jorge Balino (ARG)
Gols: Esquivel aos 22′ do 1°T, Mastriani aos 33’e 37′ do 1°T, Di Yorio aos 29′ do 2°T, Felipinho aos 38′ do 2°T (CAP); Ochoa aos 18′ do 2°T (ZUL)
Cartões amarelos: Fernando (CAP); Araujo, Faria (ZUL)

O Athletico atropelou o Zuliano, em Caracas.
Esquivel e Mastriani deram show em Caracas. Foto: Divulgação/Conmebol

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Athletico goleia o Zuliano e garante vaga antecipada ao mata-mata

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.