A Operação Cidade Segura 4, deflagrada na manhã desta sexta-feira (8) em Matinhos, no Litoral do Estado, deixou cinco mortos e 17 presos. As informações foram divulgadas em coletiva de imprensa realizada pela Secretaria de Estado da Segurança Pública do Paraná (SESP). Durante o cumprimento dos mandados, um policial foi baleado e socorrido ao Hospital Regional do Litoral, em Paranaguá.

image-9-25
Foto: Divulgação Sesp

De acordo com o secretário Hudson Leôncio Teixeira, a operação foca pontualmente em quadrilhas organizadas e suspeitos de participação em assassinatos.

“Estamos focando em municípios com maior número de roubos e homicídios. Desta forma, o resultado é esse. Continuamos trabalhando para diminuir ainda mais o número de crimes”, disse.

Durante a operação, os policiais ainda apreenderam seis armas, incluindo duas pistolas, dois revólveres, uma espingarda e uma metralhadora.

Mais de 350 policiais das polícias Civil, Militar e Penal, além de cães e helicópteros, atuaram de forma integrada.

Confrontos

Dentre os confrontos, quatro mortes aconteceram em Matinhos e um em Itapema, no Litoral de Santa Catarina. O policial baleado foi atingido na mão no bairro Mangue Seco, também em Matinhos.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Operação no Litoral deixa cinco mortos em confronto e 17 presos; policial ficou ferido a tiros

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.