Depois da derrota por 1 a 0 para o América-RN na noite de ontem, a torcida do Paraná definitivamente perdeu a paciência com a equipe, vaiou os atletas e gritou “vergonha” ao apito final. Na saída para os vestiários, o atacante Marcelo Toscano, um dos mais vaiados, não garantiu que sairá do Tricolor para o Vitória de Guimarães, clube de Portugal.

“Quero deixar bem claro que isto (negociação) não está interferindo, mas a torcida só vê o lado ruim. Não sei se foi meu último jogo pelo Paraná, mas independente disso, temos que levantar a cabeça e continuar trabalhando”, disse o jogador. Empresários do clube português estiveram ontem na Vila Capanema para analisar o desempenho do atacante.

De acordo com o vice-presidente do clube, Aramis Tissot, a negociação deve ser resolvida até hoje, sem possibilidade de adiamento. “Existe uma negociação com o Toscano, e ele tem vontade de ir para Portulga. Não sou contra isso, e devemos definir isso até amanhã, é o prazo final”, disse o dirigente paranista.

No entanto, o jornal português “A Bola”, já deu como certa a contratação de Marcelo Toscano pelo Vitória de Guimarães, o que é bem possível de acontecer, já que o atleta demonstrou interesse em deixar o Paraná.