A saída do CEO Carlos Amodeo, anunciada na tarde da última terça-feira (2), virou motivo de comemoração de boa parte da torcida do Coritiba. Na noite da mesma terça, um grupo de torcedores foi até a sede do clube, que fica na Avenida João Gualberto, em um misto de protesto com alívio.

Com gritos de “não é mole não, a Série A não é mais que obrigação” e “p… que p…, é a pior SAF do Brasi, Treecorp”, um grupo de aproximadamente 40 coxas-brancas, chamado Coletivo Coritibano, também soltou fogos de artifícios e levou cartazes criticando a empresa que gere o futebol do Coxa e Carlos Amodeo.

Não é de hoje a bronca da torcida com a SAF alviverde, especialmente com o ex-CEO, com constantes faixas levadas ao Couto Pereira, reclamações e insatisfações, ainda mais após algumas entrevistas de Amodeo. Em uma delas, o ex-dirigente reclamou da postura das arquibancadas.

Protesto da torcida do Coritiba. Vídeo: Divulgação/Coletivo Coritibano
Protesto da torcida do Coritiba
Torcedores foram ao escritório da SAF do Coxa para protestar. Foto: Divulgação/Coletivo Coritibano

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Torcida do Coritiba comemora saída de Amodeo em frente à sede social

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.