Invicto no Couto Pereira, mas com dificuldades longe de casa. Entra ano, sai ano e o Coritiba segue com esta sina, principalmente em competições nacionais. E o técnico Guto Ferreira não vai fugindo deste problema, que vem atrapalhando o Coxa há algumas tempordas.

Somando as duas passagens, a atual e a no Brasileirão de 2022, o treinador comandou o Alviverde em 15 partidas como visitante, conquistando três vitórias, um empate e 11 derrotas, um aproveitamento de apenas 22,2% de aproveitamento.

Em 2024, são seis confrontos fora do Alto da Glória. Conquistou duas vitórias (1×0 sobre o Cianorte e 3×1 sobre o Galo Maringá), um empate (3×3 com o Londrina) e três derrotas (1×0 para o Azuriz e Cascavel e 3×2 para o Águia de Marabá, que custou a eliminação na Copa do Brasil).

Guto se irrita com questionamento

Os dois triunfos foram seguidos, o que deu a sensação de que o Coritiba poderia deixar para trás essa sina como visitante. Inclusive, quando questionado sobre esse baixo aproveitamento como visitante, Guto Ferreira se mostrou irritado com o tema.

“Essa pergunta não apareceu depois de Cianorte e Galo Maringá, que foram fora de casa”, resumiu ele, ignorando o fato de que o desempenho, como um todo é ruim. Na sequência vieram as derrotas em Cascavel e no Pará.

Agora, o próximo desafio é novamente longe dos seus domínios. No domingo (3), o Alviverde encara o Cianorte, às 16h, no Albino Turbay, pelo duelo de ida das quartas de final do Paranaense. O local é o mesmo onde uma das duas vitórias fora este ano foram conquistadas.

Na primeira passagem pelo Coritiba, Guto só teve uma vitoria fora

A dificuldade do treinador em ganhar fora de casa não é apenas nesta temporada. Na sua primeira passagem pelo Coritiba, no Brasileirão de 2022, ele comandou o time em nove partidas como visitante. Somou apenas uma vitória (1×0 no Juventude) e outras oito derrotas.

Na ocasião, Guto livrou o Coxa do rebaixamento, muito pelo desempenho no Couto Pereira. Em sete confrontos, venceu cinco vezes e empatou os outros dois, não sendo derrotado nenhuma vez. Uma situação semelhante ao que vem acontecendo em 2024, embora o recorte seja bem menor e o nível de competitividade seja outro.

Cianorte x Coritiba terá cobertura total da Banda Bcom narração de Marcelo Ortiz, comentários de Cristian Toledo e reportagens de Gabriel Ortiz e Ricardo Brejinski. A transmissão começa às 15h30. Acompanhe a partida pelo AM 550, pelo FM 79.3no nosso aplicativo, nas redes sociais e pelo nosso canal no YouTube.

Guto Ferreira, técnico do Coritiba
Guto Ferreira tem só três vitórias como visitante pelo Coxa, somando as duas passagens. Foto: Gabriel Thá/Coritiba

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Guto Ferreira segue sina com o Coritiba fora de casa

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.