O técnico Guto Ferreira evitou desculpas após a derrota do Coritiba para o FC Cascavel, na tarde deste domingo (25), no Olímpico Regional. O Alviverde chegou ao seu quarto jogo consecutivo sem vitória e terminou a primeira fase do Campeonato Paranaense na vice-liderança. Em entrevista coletiva, o técnico reconheceu o mau momento e classificou a atuação diante da Serpente como a pior da temporada até o momento.

“Foi o pior jogo nosso na temporada, mas bater em cima dos erros de hoje não vai adiantar nada. A gente sabe o que aconteceu e, mais do que nunca, agora é manter a calma para poder trabalhar e assumir as nossas responsabilidades”, afirmou o treinador. O Coritiba não conseguiu finalizar ao gol durante todo o jogo e viu o seu sistema defensivo cometer erros defensivos grotescos, como o de Bruno Melo, no lance que resultou no tento de Manoel.

Ferreira falou sobre a falha do zagueiro. “São onze que jogam, e quando um erro fatal acontece nunca é um único erro, é uma sucessão de erro”, disse. Em relação ao comportamento time, o técnico poupou palavras e preferiu blindar os atletas. Segundo ele, o Coritiba precisa trabalhar já de olho na sequência da temporada. “Não tenho desculpa para dar. Tenho que trabalhar para solucionar os problemas, para que a gente não passe para o quinto jogo sem vitória”, retificou.

Crise no Coritiba?

Apesar de admitir as más atuações, Ferreira não quis saber de apontar uma crise no Coritiba. O treinador revisitou partidas anteriores para justificar que o Coxa pode apresentar um nível melhor de jogo. Nas quartas de final do Paranaense, o Alviverde enfrenta o Cianorte, com o primeiro acontecendo no Albino Turbay. Até lá, o técnico terá uma semana par fazer ajustes em sua equipe.

“Você analisa o todo, e não os últimos três jogos. E no todo, temos coisas muito boas. Mais do que nunca, temos ferramentas e situações para reforçar o elenco, reforçar o mental e nos dar confiança.  Vamos trabalhar para ajustar e fazer diferente. Duas rodadas atrás não estava tudo certo e agora também não está tudo errado. Uma equipe, para ser vencedora, vai passar por momentos como esse”, completou.

Guto Ferreira, técnico do Coritiba.
Técnico evitou dar desculpas após derrota em Cascavel. Foto: Geraldo Bubniak/AGB

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Guto Ferreira liga modo “sincerão” no Coritiba: “Foi nosso pior jogo do ano”

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.