Elenco marcou três vezes pela primeira vez em uma partida do Brasileirão 2020. (Divulgação/Coritiba)

Quebrando uma sequência de quatro partidas sem vencer, Jorginho trouxe um Coritiba totalmente diferente dentro de campo para a vitória contra o Palmeiras, fora de casa, nesta quarta-feira (14). O treinador vinha sendo criticado por não colocar jogadores considerados titulares, reforços contratados e peças que poderiam fazer a diferença.

Com Robson e estreando Rodrigo Muniz no ataque, a parte ofensiva funcionou bem. Jorginho, destacou o que deu certo para a vitória voltar a acontecer.

“A equipe foi, além de muito organizada, foi guerreira dentro do jogo, não perdeu o foco em nenhum momento. Quero dar os parabéns ao Vermudt que entrou, ao próprio Yan Sasse, além das outras substituições. A gente se alegra muito pelo retorno do Mattheus Oliveira ao futebol brasileiro, entrou com personalidade, chamando o jogo para ele. Então com certeza, sim, a gente está vendo que o nosso elenco está tomando uma forma e daqui para a frente”, analisou Jorginho.

Para o treinador, o 11 titular significou uma equipe mais equilibrada e que conseguiu se infiltrar na zaga do Palmeiras, com mais posse de bola e jogadas ofensivas com chances reais de jogo. Além disso, o resultado refletiu uma resposta a diretoria, que chegou a promover uma reunião com jogadores e equipe técnica.

“Foi uma semana tensa, a gente sabia disso, que o time tinha uma responsabilidade bem grande de buscar aqui o resultado, sair daqui pelo menos com um ponto. Normal a diretoria pressionar, porque eles ficam pressionados. A gente sabe que a equipe, com o elenco montado, não é para ficar na zona de rebaixamento. E essa era a nossa cobrança, que a gente tinha que se entregar de corpo e alma”, destacou Jorginho.

Sobre os próximos passos, o técnico diz que ainda é preciso trabalhar algumas falhas que ocorreram na goleada por 3 a 1 contra o Palmeiras. “Eu tenho um pensamento de que quando a gente ganha, não está tudo bom, tudo bem. A realidade é que eu acho que a gente melhorou, mas aconteceram erros ainda, tomamos um gol com erro nosso, é uma coisa que precisa ser corrigida”, concluiu.