Ouça o áudio

Depois de mais uma derrota no Campeonato Brasileiro, que empurrou o Atlético para a zona do rebaixamento, a equipe rubro-negra tem juntado os cacos para tentar a reabilitação no domingo, contra o Flamengo, na Arena da Baixada. Para o lateral esquerdo Paulinho, somente trabalhando é que o Furacão vai conseguir reverter esta situação ruim.

“Só com trabalho. Tem que aproveitar essa semana para trabalhar e erguer a cabeça para que o jogo contra o Flamengo seja diferente. O clima não é dos melhores, mas temos que sair dessa. Tem que levantar a cabeça, procurar se animar porque temos um jogo importante em casa, e diante da torcida temos que vencer”, disse o jogador.

Paulinho admitiu que o técnico Paulo César Carpegiani tem pedido para os atletas conversarem mais entre si dentro de campo, e disse que prefere jogar na lateral esquerda, sua posição de origem: “O professor falou isso, da gente conversar mais um com o outro. Acho que tá faltando isso, e vamos trabalhar em cima disso. Eu prefiro jogar na lateral, mas aonde o Carpegiani pedir eu jogo, seja na frente ou mais atrás”.

Além disso, o jogador garantiu que os atletas rubro-negros não tem aceitado as derrotas e que todos estão trabalhando para voltar a vencer. “Não aceitando. Cada um se cobra, tem autocrítica. Mas agora tem que mudar para conseguir os resultados”, afirmou Paulinho.