Aos 30 anos, o atacante Pablo alcançou uma de suas principais honrarias pelo Athletico: a de artilheiro do Campeonato Paranaense. E a premiação individual não poderia ter sido mais especial já que veio junto do título estadual, confirmado neste domingo com o empate contra o FC Cascavel, na Arena da Baixada. O centroavante terminou a competição com nove gols.

Mesmo com uma bela história no Athletico, a temporada 2023 começou como uma das mais promissoras da carreira de Pablo. O centroavante aproveitou o protagonismo no ataque rubro-negro, propiciado pela participação de Vitor Roque no Sul-Americano sub-20, para acumular ótimos números. Foram oito gols marcados nos primeiros nove jogos da temporada.

O ótimo desempenho fez com que Paulo Turra tentasse algo que Felipão pouco cogitou na temporada passada: testar Pablo e Roque juntos. Mesmo com a formação utilizada apenas uma vez – na vitória sobre o Londrina – o experiente atacante mostrou que adaptações para contemplar sua presença podem ser necessárias.

Pablo ressurge no Athletico

O número de gols já praticamente iguala 2022, quando marcou 11 vezes, mas com o triplo de partidas disputadas. A comparação agora é com o “melhor Pablo”, aquele fundamental na conquista da Copa Sul-Americana de 2018 e que acabaria vendido ao São Paulo por R$ 26,6 milhões. O centroavante voltou a incomodar os defensores como quando balançou as redes 18 vezes e distribuiu oito assistências há quatro temporadas.

Hat-trick na estreia, gols decisivos ao longo da primeira fase: Pablo se tornou peça-chave para um Athletico que conquistou apenas o seu terceiro Paranaense de forma invicta. Agora, o atleta espera manter a toada nas três competições que restam no calendário do Furacão. Caso mantenha a média de 0,6 gol por partida, a temporada mais artilheira de sua carreira está próxima.

Pablo, do Athletico, tem nove gols em 2023
Pablo vive um de seus melhores inícios de temporada. Foto: Geraldo Bubniak/AGB

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Pablo “ressurge” no Athletico e termina como artilheiro do Paranaense

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.