O técnico Juan Carlos Osorio admitiu que o Athletico deixou a desejar ofensivamente no empate sem gols com o Operário, na noite desta quinta-feira (15), na Ligga Arena. Para o treinador, o Furacão dominou a partida, mas pecou nos momentos de conclusão das jogadas. Apesar do tropeço, o resultado recolocou o Rubro-Negro na liderança do Paranaense, um ponto a frente do Coritiba.

Mesmo com boa parte dos titulares em campo, o Athletico fez uma de suas piores atuações do ano até aqui. O ataque rubro-negro produziu poucas oportunidades de gols durante o jogo e saiu de campo com apenas quatro finalizações à meta adversária. Do outro lado, por mais que também não tenha tido tanto volume, o Operário construiu as melhores chances e exigiu boas defesas de Bento, que evitou a derrota.

“Creio que competimos muito bem na parte física, limitamos os chutes contra o nosso gol. Por momentos, controlamos o jogo, mas não geramos tantas oportunidades quanto queríamos. Creio que merecíamos pelo menos um gol. Nós precisamos melhorar nossas definições e ações no último terço”, analisou Osorio. O Athletico vinha de cinco vitórias consecutivas e tentava criar ainda mais gordura na liderança do estadual.

Osorio defende ideia no Athletico

Osorio também garantiu que manterá a mesma ideia de jogo no Athletico e pediu paciência e apoio ao torcedor. Segundo ele, a equipe continuará buscando ter o controle da posse de bola, apesar da postura do adversário. Durante o jogo, os torcedores rubro-negros esboçaram vaias devido à atuação do time e saíram do estádio na bronca. Foi a segunda partida em casa que o Furacão deixou escapar pontos na competição.

“Seguimos sempre a mesma ideia que é controlar o jogo através da troca de passes. A torcida pode se manifestar, está no seu direito. Mas a ideia a nossa agora é controlar o jogo, e não jogar por uma bola. Terão adversários que vão se fechar. A torcida seguramente terá muitas outras manifestações, porque o cenário de hoje vai se repetir, mas considero que há mais opções de ganhar quando se controla a bola. E é isso o que estamos fazendo. Peço a torcida para que apoie e tenha paciência”, concluiu o técnico.

O próximo jogo do Athletico é contra o Coritiba, o clássico Atletiba, no domingo (18), às 18h30, no Couto Pereira. A partida terá cobertura total da Banda B. A narração será de Marcelo Ortiz, comentários de Cristian Toledo e reportagens de Gabriel Ortiz, Ricardo Brejinski e Vinicius Bittencourt. A transmissão começa às 17h30. Acompanhe a partida pelo AM 550, pelo FM 79.3no nosso aplicativo, nas redes sociais e pelo nosso canal no YouTube.

Juan Carlos Osorio, técnico do Athletico.
Treinador disse que vai manter ideia de jogo no Furacão. Foto: Geraldo Bubniak;AGB

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Osorio admite atuação abaixo do Athletico, mas pede paciência à torcida

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.