Durante essa semana, o técnico do Cascavel, Eloi Kruger, afirmou que não seria interessante para o clube se classificar para a Série D. Como a CBF não garante ajuda financeira aos clubes que dispustam a quarta divisão, a Cobra poderia novamente se endividar, depois de um árduo trabalho da diretoria para quitar todas as dívidas do time.

Sorte que o clube ocupa a sétima posição, e só conseguiria a vaga vencendo o Coritiba, logo mais, no Couto Pereira, e ainda torcendo por tropeços de Paranavaí e Operário. Combinação difícil de resultados, que faz com que o Cascavel entre em campo contra o Coxa querendo, pelo menos, dar trabalho ao adversário.

A equipe quer terminar o campeonato de forma digna, já que fez uma boa campanha durante toda a competição. O objetivo é, porque não, tentar ser um carimbo na faixa de campeão do Coritiba. “Queremos nos despedir do campeonato com um resultado positivo. Confio no grupo, sabemos da dificuldade que será, até porque o nosso adversário já é o campeão, e a torcida deve comparecer, mas precisamos fazer a nossa parte”, disse o técnico.

Eloir Kruger, aliás, terá alguns problemas para montar a equipe para o jogo de hoje. Três jogadores já assinaram com outros clubes: Gilson foi para o Paraná, e Rodrigo e Rincón assinaram com o Comercial-MS. Por isso, a escalação deve ter a presença de alguns reservas. O treinador só vai oficializar a formação do time minutos antes do início do jogo.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Cascavel quer dar trabalho ao Coxa

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.