Com microfone da RBS, afiliada da Globo no Rio Grande do Sul, e vestindo camiseta em vez do costumeiro terno e gravata, William Bonner apresentou o Jornal Nacional direto de Porto Alegre nesta segunda-feira (6).

“O drama que o povo gaúcho está enfrentando é incomparável”, afirmou Bonner na abertura do jornal. Foi a primeira edição do JN fora da bancada desde 2022. O jornalístico dedicou boa parte do tempo de TV à cobertura da tragédia das chuvas no estado.

Willian-Bonner-RS
William Bonner apresenta o Jornal Nacional em Porto Alegre. Foto: Reprodução/Globo

Bonner entrevistou o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, ao vivo, e chamou flashes de repórteres nas cidades onde a situação das enchentes está mais grave, como Roca Sales e Canoas.
Bonner também entrevistou socorristas voluntários e se emocionou discretamente, com o olhar abaixado, ao final de uma das reportagens.

O apresentador ainda anunciou que a Globo doou mantimentos e recursos para uma instituição beneficente que está atuando na região. O valor deverá ser utilizado na construção de um hospital de campanha.

Até o momento, 85 mortes foram confirmadas em decorrência das chuvas no estado. O número de desabrigados passa de 47 mil.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

William Bonner apresenta o Jornal Nacional em Porto Alegre e se emociona ao falar de tragédia

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.