(Foto: Divulgação)

O Tribunal do Júri de Campo Largo, na região metropolitana de Curitiba, condenou nesta segunda-feira (5), a seis anos de reclusão, um homem que provocou a morte de um ciclista na BR 277. O crime ocorreu no dia 15 de março de 2014.

Conforme as investigações, nas proximidades do km 143 da Rodovia BR 277, sentido Curitiba-Palmeira, nos limites do município de Balsa Nova, o denunciado, que dirigia em velocidade acima da permitida (estava a 140 km/h quando o limite era de 80 km/h) e sob efeito de álcool. Ele atingiu ciclista que participava de uma competição esportiva e conduzia sua bicicleta no acostamento. A vítima sofreu inúmeros ferimentos em várias regiões do corpo, tendo sua morte sido causada por politraumatismo.

Apuração do Ministério Público do Paraná demonstrou ainda que os pneus do veículo estavam em péssimas condições e o motorista, que não prestou socorro à vítima, não possuía carteira de habilitação. O réu iniciará o cumprimento da pena em regime semiaberto.

“Não venha parar nas páginas com notícias de acidentes de trânsito. Não faça parte desta estatística. Uma campanha do Detran/Pr. Trânsito Seguro: eu faço a diferença. Você é o responsável.”