Um caso de feminicídio foi registrado na madrugada desta segunda-feira (14), em Fazenda Rio Grande, na Região Metropolitana de Curitiba. A telefonista Daniela Eduarda Alves, de 24 anos, foi morta a facadas pelo ex-marido, Emerson Bezerra da Silva, de 25 anos. O crime aconteceu na casa de Daniela e o ex-marido foi preso logo em seguida, na casa dos pais, no bairro Sítio Cercado, em Curitiba.

O pai de Emerson, Marcos Estevan, procurou a Banda B e negou que o filho tenha agredido a ele e a esposa antes da prisão, como familiares de Daniela relataram no local do crime. O pai diz que chamou a polícia a pedido do próprio filho. “Ele chegou em casa transtornado dizendo que tinha matado a mulher e pediu pra gente chamar a polícia. Ele não agrediu a gente não. Falou que ela passou o dia na praia sem falar com ele e os dois discutiram. Ele ficou ferido porque ela quebrou um espelho em cima dele”, contou o pai de Emerson. Ele foi hospitalizado, já com a prisão em flagrante.

Daniela foi morta pelo ex-marido em fazenda rio grande – Reprodução facebook

Segundo informações apuradas no local, Daniela foi morta por volta das 3h30, na casa dela, no bairro Santa Terezinha. A Banda B ouviu parentes da vítima que disseram que a jovem viveu com Emerson por cerca de três anos e tinha uma filha com ele, de 4 anos. Bastante abalada, a mãe, Roseli Alves, disse que a filha parecia prever que uma tragédia poderia ocorrer.

“Ela não queria mais viver com ele, já tinham se separado, mas ele não aceitava o fim do casamento. Ela vivia me dizendo que se alguma coisa acontecesse com ela, era pra eu cuidar da filhinha, minha netinha. Ela tinha medo de morrer. Agora, a tragédia aconteceu e vou cuidar da minha netinha. Meu Deus, é muito triste”, disse a mãe chorando.

O padrasto, Mauri Pedro, estava no local do crime, também inconformado. “Ele não queria trabalhar, só queria viver nas costas dos outros, vivia bebendo e ela não aceitava isso”, disse.

 

Última foto de Daniela – Facebook

Últimas fotos

Horas antes de morrer, Daniela havia postado várias fotos em seu perfil no Facebook com a legenda:

“Domingo legal e Abençoado… Obrigado senhor, obrigado família!”

Numa das fotos, ela aparece ao lado da filha de dois anos. Nesta postagem, diversos amigos lamentam a morte da jovem:

“Que triste, o cara acabou com a família toda”, diz um dos comentários.

 

Emerson e Daniela, ainda juntos, em uma foto na rede social Facebook. Foto: Reprodução