O segundo suspeito de incendiar o corpo de uma vítima morta no bairro Cajuru, em Curitiba, foi preso nesta segunda-feira (22). Ele foi detido 13 dias após o cumprimento do primeiro mandado de busca e apreensão, realizado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). O crime foi flagrado por câmeras de segurança da Avenida Prefeito Maurício Fruet, no dia 26 de fevereiro, mas até o momento a vítima morta não foi identificada.

Reprodução

De acordo com o delegado Ivo Viana, as investigações apontam que o assassinato foi motivado pelo tráfico de drogas.

“Provavelmente tudo aconteceu em razão de alguma dívida. A crueldade pode ser um recado [para rivais] ou mesmo com a intenção de dificultar o trabalho da polícia”, comentou.

O primeiro envolvido foi preso temporariamente no dia 9 de abril e autuado em flagrante por tráfico de drogas e corrupção de menores. O segundo envolvido foi encontrado no bairro Boqueirão.

A DHPP segue investigando o caso.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Segundo suspeito de incendiar corpo é preso em Curitiba e polícia tenta identificar vítima; vídeo

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.