Uma quadrilha suspeita de ter roubado e furtado ao menos 80 motocicletas foi alvo de uma operação da Polícia Civil, na manhã desta quarta-feira (15), em Curitiba e outras seis cidades da região metropolitana (PR). Até as 9h15, cinco pessoas haviam sido presas.

Segundo a corporação, 85 policiais civis cumpriram 22 ordens judiciais simultaneamente em Rio Branco do Sul, Cerro Azul, Colombo, Almirante Tamandaré, Piraquara e São José dos Pinhais.

Dentre os mandados, há seis de prisão preventiva e 16 de busca e apreensão. A operação, diz a polícia civil, “apura furtos e roubos de motocicletas em Curitiba e Região Metropolitana”.

“A investigação de alta complexidade identificou que o grupo criminoso está envolvido na subtração de cerca de 80 veículos, entre 2023 e 2024”, acrescentou a polícia.

De acordo com o delegado Felipe Boffo, as investigações tiveram início em janeiro deste ano. A polícia descobriu que as motos eram furtadas ou roubadas e levadas para as cidades da região metropolitana.

“Algumas motocicletas estavam sendo localizadas em Rio Branco do Sul, Cerro Azul e também no interior de São Paulo. Eles [criminosos] adulteram os veículos e os colocam no mercado novamente, sendo vendidos pela internet”, disse Boffo.

Os suspeitos, segundo a polícia, agiam rápido. Eles levavam entre cinco e dez segundos para furtar uma motocicleta.

“Identificamos os responsáveis pelos furtos e roubos e também os que adulteravam as motocicletas”, acrescentou o delegado.

Dos cinco presos, a maioria tem passagens pela polícia.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Cinco pessoas são presas suspeitas de envolvimento em 80 furtos e roubos de motocicletas em Curitiba

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.