(Fotos: Divulgação/Polícia Civil)

 

Uma mulher de 27 anos foi presa na tarde de terça-feira (12), suspeita de estelionato e falsidade ideológica. A suspeita foi flagrada por policiais da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR), no momento em que tentava fazer uma compra em uma loja de eletrodomésticos, na Avenida Marechal Floriano Peixoto, no bairro Hauer, em Curitiba.

Segundo a polícia, a mulher efetuou uma compra no dia anterior, no mesmo estabelecimento. Ela havia usado o nome de outra pessoa, com documento de identidade falsa, para adquirir uma televisão de 32 polegadas e um microondas, vendidos pelo valor de R$ 4 mil.

“Após obter de forma criminosa os produtos, a suspeita já havia anunciado os objetos por valores bem inferiores ao preço anunciado pela loja”, explicou o delegado operacional da DFR, André Gustavo Feltes.

De acordo com ele, ao retornar no local para fazer novas compras, a mulher levantou suspeitas de um dos funcionários da loja, que entrou em contato a polícia. “Ao aborda-lá, constatamos que ela estava em posse de um documento falso”.

Seguindo as buscas até a residência da suspeita, no bairro Sítio Cercado, os policiais encontraram vários cartões de lojas e recibos de compras em nome de terceiros, além de fotografias destinadas a documentos.

A suspeita foi autuada em flagrante e preferiu permanecer em silêncio. Ela está presa à disposição da Justiça.