Por Denise Mello e Antonio Nascimento

Um assaltante de 33 anos levou a pior na noite desta quarta-feira (1ª) durante um assalto a ônibus da linha Tamandaré-Cabral. O bandido, que saiu da cadeia há pouco tempo, anunciou o assalto dizendo estar armado, mas como ninguém acreditou, acabou apanhando de passageiros e do motorista. O cobrador chegou a sair correndo atrás dele com uma marreta na mão, mas o marginal acabou sendo preso por um policial à paisana que passava pela rua. Ele foi autuado em flagrante, mas antes de voltar para a cadeia foi levado ao Hospital Cajuru para ser atendido.

O assalto aconteceu por volta das 19h30. Segundo o motorista, o ladrão embarcou no ônibus num ponto da Avenida Anita Garibaldi e logo em seguida anunciou o assalto ao cobrador. Ele mostrou uma arma na cintura e chegou a pegar o dinheiro do caixa, mas, na hora de sair, o motorista fechou a porta. “Eu não sabia que ele estava armado e impedi a saída. Ainda dei uns chutes nele e outro passageiro fez a mesma coisa. Quando todos notaram que ele nem pegou a tal arma na cintura, daí que apanhou mais”, contou o motorista.

O ladrão conseguiu forçar a porta e sair do ônibus. Foi então que o cobrador correu atrás dele. “Peguei a marreta de calibrar pneu e fui correndo atrás dele. Daí um policial à paisana apareceu e fez a prisão”, contou o cobrador.

O assaltante, bastante ferido, foi levado para o hospital e, na sequência, já foi encaminhado ao Ciac-Sul para o flagrante.