Da Polícia Civil

Um homem, de 25 anos, suspeito por um crime de homicídio ocorrido há dois meses – o qual vitimou Jonatan Rodrigues da Cruz –, foi preso na manhã desta segunda-feira (7), pela equipe de investigação da Delegacia de Quatro Barras. O rapaz foi preso dentro de sua residência, no bairro Gralha Azul, em cumprimento a dois mandados judiciais, sendo um de prisão preventiva e outro de busca e apreensão.

De acordo com a equipe, o crime aconteceu no dia 17 de junho, em um bar, também localizado no bairro Gralha Azul. O suspeito e outro jovem de 25 anos – que se encontra foragido da polícia – chegaram ao estabelecimento e atiraram contra Cruz e um amigo, que resistiu aos ferimentos e passa bem. As vítimas estavam preparando-se para um torneio de sinuca, quando foram atingidos pelos disparos.

Segundo o delegado-titular, Luiz Carlos de Oliveira, a equipe recebeu informações de que os suspeitos e vítimas possuíam um desafeto por conta do tráfico de drogas na região. “Há suspeitas de que Cruz tenha envolvimento na morte de um amigo do suspeito, e que o crime também teria sido motivado por vingança”, informa o delegado.

Oliveira ainda afirma que as investigações continuam com o intuito de localizar e prender o homem que efetuou os disparos junto do preso na ocasião no dia do crime.

O suspeito está preso no Setor de Carceragem Temporária (Secat) da Delegacia de Quatro Barras, onde aguarda à disposição da Justiça. O jovem foi indiciado por homicídio qualificado e tentativa de homicídio.