Um grupo criminoso suspeito de fraudar licitações voltadas à compra de livros infantis é alvo de uma operação da Polícia Federal, na manhã desta quinta-feira (29), em Curitiba e Colombo, na região metropolitana.

A operação intitulada “Liber” visa “reunir informações, identificar os envolvidos e interromper suas atividades ilícitas”, segundo a PF. De acordo com a corporação, pelo menos 20 policiais federais foram mobilizados para cumprir sete mandados de busca e apreensão nas duas cidades.

operação-da-pf-fraude
Foto: Divulgação/PF

Os crimes investigados incluem corrupção passiva e ativa, associação criminosa, fraude à licitação e lavagem de dinheiro.

O termo “Liber”, de origem latina que significa “livro”, foi escolhido como nome da operação por representar o meio pelo qual os agentes criminosos buscavam seu enriquecimento ilícito, diz a PF. Eles utilizavam a compra fraudulenta de livros infantis como fachada para desviar recursos públicos.

As penas previstas para os envolvidos, se condenados, somam mais de 33 anos de prisão.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Grupo suspeito de fraudar licitações de compra de livros infantis é alvo de operação da PF na Grande Curitiba

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.