Quatro pessoas acusadas de envolvimento em uma fraude contra uma empresa de importação e exportação de madeira são procuradas pela Polícia Civil do Paraná (PCPR) na manhã deste sábado (15). O ex-diretor financeiro do negócio seria o líder do esquema que desviou mais de R$ 10 milhões da companhia.

A polícia esteve cumprindo dois mandados de busca e apreensão em endereços relacionados aos investigados. De acordo com a PCPR, carros de luxos devem ser apreendidos e contas bancárias do suspeitos bloqueadas.

Em uma das casas, as equipes encontraram diversos objetos luxuosos.

O ex-diretor da empresa, sua esposa, a sogra e a cunhada são investigados pelos crimes de associação criminosa, lavagem de dinheiro, estelionato, falsificação de documento e uso de documento falso.

Vídeos

Assista aos vídeos divulgados pela Polícia Civil: