O empresário acusado de atirar contra a própria esposa e atear fogo na casa em que vivia com ela, em Bocaiúva do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba, foi preso nesta quarta-feira (8). Ele tem 48 anos e deve responder por tentativa de feminicídio e outros três crimes: incêndio criminoso, maus-tratos a animais e porte ilegal de arma de fogo.

image-1-16
Reprodução

De acordo com o delegado Mário Sergio Bradock, o suspeito pode até ser trabalhador, mas não tem a menor condição de permanecer solto.

“É completamente fora da casinha”, disse.

Crime

Segundo o boletim de ocorrência registrado pela Polícia Militar (PM), o casal estava brigando quando o homem sacou uma arma de fogo e disparou contra a mulher, que foi atingida pelo tiro na mão. A vítima correu em direção a uma chácara vizinha e pediu ajuda.

O suspeito teria perseguido a esposa, mas não conseguiu entrar na casa porque estava trancada. Em seguida, ele atirou em direção ao imóvel, e o tiro atingiu a parede de um quarto. O empresário então teria quebrado o vidro de uma janela para tentar invadir a casa.

image-1-17
Marido é suspeito de atirar contra esposa, atear fogo em imóveis e matar animais queimados – Foto: Reprodução

“Não conseguindo invadir a residência, retornou à sua residência, onde ateou fogo na casa, nos dois carros e no barracão. Por consequência do fogo, vários animais domésticos também foram queimados e alguns mortos”, diz trecho do boletim.

O marido da vítima fugiu em direção a um matagal e se escondeu. Ele chegou a se apresentar à polícia e agora permanece à disposição da Justiça.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Empresário suspeito de colocar fogo em casa é preso e deve responder por tentativa de feminicídio e mais três crimes

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.