Cinco bandidos tiveram uma noite marcada por uma série de trapalhadas, que acabou com a prisão de três integrantes do grupo. Em poucas horas, o grupo rendeu uma família em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, fugiu com dois carros, se apertou em um deles quando o outro estragou, capotou na estrada, assaltou um motorista que parou para ajudar e fugiu até parte da quadrilha ser presa em casa.

Tudo começou no início da madrugada deste sábado (8), quando cinco homens invadiram uma casa em São José dos Pinhais e fizeram uma família refém. Bastante violentos, eles mantiveram os moradores sob a mira de armas enquanto o restante do grupo carregava dois veículos das vítimas com pertences da casa, entre roupas e eletrodomésticos.

Ilustração

Durante o assalto, uma das vítimas conseguiu pegar uma arma que tinha em casa e reagiu. Segundo a polícia, o morador chegou a entrar em luta corporal com um dos ladrões e efetuou um disparo, atingindo um dos suspeitos na perna.

Os bandidos fugiram em seguida, mesmo com um do bando ferido. Eles saíram com uma Ecosport e uma Fiorino da família levando a pistola calibre 380 usada pelo morador. O carro que eles usaram para chegar na residência foi abandonado.

Na estrada

A partir daí, além de um deles estar ferido, uma sequência de fatos frustrou os planos da quadrilha. Após contornar a região metropolitana, saindo do bairro Cachoeira, em São José dos Pinhais, e chegar ao quilômetro 67, da BR 116, em Campina Grande do Sul, um dos veículos usados na fuga quebrou. Os cinco bandidos se apertaram então no outro veículo, a Fiorino, que além do grupo levava também tudo que havia sido roubado da residência.

Quatro quilômetros depois, no KM 71, o motorista perdeu o controle do carro e capotou.

A saga não acabou ali. Mesmo com um deles baleado, os ladrões continuaram fazendo vítimas. Eles conseguiram sair do veículo e assaltaram um motorista que tinha parado para ajudar, como conta o policial rodoviário federal Perez.

“O motorista nos parou na estrada contando que tinha sido assalto por cinco homens depois que parou para ajudar no acidente. Ele contou que levaram o carro dele, uma Ford Ranger, 50 reais que estava na carteira e um notebook”, contou o policial.

A descoberta

A Polícia conseguiu chegar até parte da quadrilha graças ao veículo Gol que tinha sido utilizado para o grupo chegar na casa da família em São José dos Pinhais. Este carro só teve alerta de furto após a ação dos bandidos. Por meio do registro do carro, a polícia foi até o endereço da proprietária e ela afirmou ter emprestado o veículo ao irmão.

Com o irmão desta mulher, moradora do bairro Guaraituba, em Colombo, a polícia recuperou a arma de fogo levada da família durante o roubo em São José dos Pinhais. Ele foi preso junto com dois amigos, sendo que um deles era o que estava baleado na perna, que já tinha um mandado de prisão em aberto.

Os três foram encaminhados ao Hospital do Trabalhador em razão dos ferimentos causados também pelo capotamento. Os outros dois assaltantes ainda não foram localizados.

A família assaltada conseguiu recuperar os bens levados pelo grupo e reconheceu os três integrantes do grupo.