Dois suspeitos de serem os ‘chefes do tráfico’ no bairro Parolin, em Curitiba, morreram em confronto com policiais das Rondas Ostensivas de Natureza Especial (RONE), na tarde desta segunda-feira (18). A troca de tiros envolvendo os ‘conhecidos da polícia’ aconteceu no cruzamento das ruas Durval Pacheco Carvalho e Maestro Francisco Antonello, no bairro Fanny.

confronto Fanny Curitiba
Conhecidos da polícia, supostos ‘chefes do tráfico’ no Parolin morrem em confronto com a PM. Foto: Cristiano Vaz/Banda B

A dupla foi identificada como William Maran e Lucas Chefer, de 20 e 23 anos. O mais velho havia saído da prisão na última sexta-feira (15), pelo crime de tráfico de drogas. Segundo o capitão Arnaldo, da PM, a dupla integrava uma facção criminosa.

Já têm passagens pela prisão. A nossa unidade estava com informações sobre a ligação deles com o tráfico de drogas no Parolin. Hoje, a equipe teve sorte em encontrar o Audi, de cor branca, que era usado por eles há tempos. No momento da abordagem, eles reagiram e os policiais revidaram. Os dois morreram.

Arnaldo, capitão da PM.

Os policiais deram sinais sonoros e luminosos para que o veículo parasse. O Audi parou na rua, mas, quando os PMs se aproximaram, houve a reação por parte dos suspeitos.

Cada um deles estava com uma pistola 9 mm. A partir daquela situação (confronto no Parolin em que sete pessoas morreram), os nomes deles se tornaram visíveis. Eles estavam dominando a região [do Parolin]. Há diversos relatos de que eles usavam armamentos longos para ameaçar moradores.

Arnaldo, capitão da PM.

O Instituto Médico Legal (IML) foi até o local para recolher os corpos.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Conhecidos da polícia, supostos ‘chefes do tráfico’ no Parolin morrem em confronto com a PM

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.