O Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria) de Paranaguá prendeu um casal na manhã desta segunda-feira (9) suspeito de torturar os próprios filhos em rituais de magia negra. Eles estavam sendo investigados há cerca de nove meses pelos investigadores do Nucria, junto com a 1ª Subdivisão Policial, segundo a Polícia Civil. As crianças têm 6 e 10 anos e são filhos apenas da mulher, de 35 anos.

Segundo a Polícia Civil, uma professora das crianças notou que ambas tinham lesões pelo corpo – nas costas, braços, pernas e nádegas. Ela procurou a delegacia de Paranaguá e registrou o caso, iniciando as investigações. Dois meses depois, policiais foram até a residência da família com mandados de busca e apreensão expedidos pela Vara Criminal da cidade e colheram diversos materiais e anotações com cunho de magia negra.

O casal teve acesso às investigações e conseguiu o benefício de habeas corpus, antes de serem cumpridos na Justiça, impedindo que foram presos. Novamente com mandados de prisão preventiva, a 1ª Vara Criminal de Paranaguá cumpriu o encaminhamento do casal à delegacia. As crianças estavam em casa e foram levadas aos avós.