A Secretaria de Estado da Saúde divulgou nesta quinta-feira (5) mais 910 casos confirmados e 25 mortes em decorrência da infecção causada pelo novo coronavírus. Os dados acumulados do monitoramento da Covid-19 mostram que o Paraná soma 214.918 casos e 5.242 mortos em decorrência da doença.

Os óbitos totais de residentes de Curitiba estariam desatualizados em virtude da não notificação por parte do município ao Sistema Oficial do Estado do Paraná (Notifica COVID-19), que é compulsória. A Sesa identificou preliminarmente a falta de registro de aproximadamente 80 óbitos desde o dia 2 de outubro, que deixaram, portanto, de serem informados ao Estado pela Secretaria Municipal de Saúde de Curitiba. A Sesa ressaltou a importância da informação correta, fiel e transparente.

Foto: Geraldo Bubniak/AEN

A Sesa esclareceu também que os municípios são responsáveis pelos atendimentos e confirmações de casos. Assim como é de responsabilidade dos gestores municipais o registro das informações referentes aos pacientes no Notifica COVID-19 para que casos e óbitos possam ser contabilizados pelo Centro de Informações Estratégias em Vigilância em Saúde (CIEVS) da secretaria estadual.

A Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba (SMS) nega que esteja registrando incorretamente os dados dos óbitos de moradores da capital por covid-19. Leia a nota na íntegra:

“A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) informa que não procede a informação atribuída à Sesa de que Curitiba estaria registrando incorretamente os dados dos óbitos de moradores da capital por covid-19.

Desde o início da pandemia, Curitiba deu transparência às informações, com boletins e lives diárias para apresentação dos dados e prestação de contas à sociedade.

O sistema oficial para comunicar internamento por sintomas respiratórios é o SIVEP – banco de dados nacional do Ministério da Saúde. As notificações neste sistema são feitas pelos hospitais e diariamente qualificadas pelo Centro de Epidemiologia do município.

A SMS de Curitiba envia diariamente a planilha de todos os casos e óbitos para a 2ª Regional de Saúde e para a SESA. Além do censo hospitalar e de enviar periodicamente os dados da covid-19 registrados no e-saúde/Curitiba por API (Transferência de dados entre sistemas operacionais).

Os 80 óbitos relatados já foram contabilizados pela SMS e a divergência apontada pela SESA só foi apresentada na data de ontem (4/11). Os casos estão sendo verificados um a um para identificar as divergências de informação relatadas pela Sesa.

É uma inverdade que Curitiba não registra os óbitos devidamente, visto que no boletim diário de Curitiba, hoje há 1.504 óbitos de moradores da cidade com covid-19 registrados, enquanto no boletim publicado pela Sesa somente 1.407 óbitos confirmados estão computados. Também é uma inverdade que não foram informados os dados dos óbitos desde 2 de outubro.”

Internados

694 pacientes com diagnóstico confirmado de Covid-19 estão internados nesta quinta-feira (5). São 573 pacientes em leitos SUS (275 em UTI e 298 em leitos clínicos/enfermaria) e 121 em leitos da rede particular (38 em UTI e 83 em leitos clínicos/enfermaria).

Há outros 791 pacientes internados, 379 em leitos UTI e 412 em enfermaria, que aguardam resultados de exames. Eles estão em leitos das redes pública e particular e são considerados casos suspeitos de infecção pelo Sars-CoV-2.

Mortes

A secretaria estadual informa a morte de mais 25 pacientes, todos estavam internados. São 11 mulheres e 14 homens, com idades que variam de 29 a 88 anos. Os óbitos ocorreram entre 23 de outubro e 05 de novembro.

Os pacientes que foram a óbito residiam em Londrina (5), Foz do Iguaçu (4), Arapongas (2), Porecatu (2). A Sesa registra ainda a morte de uma pessoa que residia em cada um dos seguintes municípios: Arapoti, Cascavel, Florestópolis, Ivaí, Maringá, Matinhos, Medianeira, Palmas, Rolândia, Santa Amélia, São Miguel do Iguaçu e São Sebastião da Amoreira.

FORA DO PARANÁ – O monitoramento da Sesa registra 2.257 casos de residentes de fora, 51 pessoas foram a óbito.