A Secretaria de Saúde do Paraná (Sesa) confirmou, na noite desta quarta-feira (26), que um novo caso suspeito do novo coronavirus (Covid-19) está sendo investigado em Ponta Grossa, região central. A informação foi revelada pelo secretário de Estado de Saúde, Beto Preto. Ele explica que a suspeita é uma mulher de 29 anos, que esteve na Itália recentemente.

Agora, todas as medidas serão tomadas para que o caso seja devidamente investigado, até que seja confirmado ou descartado, após a realização dos respectivos exames.

“Recebemos agora no final da tarde a informação de que uma jovem de 29 anos, que esteve na Itália, apresenta sintomas clínicos que podem corresponder ao caso suspeito do novo coronavirus. A nossa equipe aqui da Sesa está solicitando mais informações à Terceira Regional de Saúde de Ponta Grossa para que possamos, desse jeito, proceder a notificação do caso a partir da manhã desta quinta-feira”, informou Beto Preto.

País

Além do 1º paciente confirmado com o novo coronavírus, o Brasil tem, ainda, outros 20 casos suspeitos sendo investigados, informou nesta quarta-feira o Ministério da Saúde. Doze das 20 pessoas estiveram na Itália, que enfrenta um surto de Covid-19, a doença causada pelo vírus. A paciente de Ponta Grossa ainda não aprecia nesta estatística de quarta-feira.

Ainda dentro dos 20 casos monitorados, duas pessoas viajaram para a Alemanha, duas para a Tailândia, uma para a China, uma para a França, uma teve contato com o paciente confirmado e uma teve contato com um caso suspeito.

Os 20 pacientes, 11 mulheres e 9 homens, estão sendo monitorados em 7 estados:

1 paciente na Paraíba
1 paciente em Pernambuco
1 paciente no Espírito Santo
2 pacientes em Minas Gerais
2 pacientes no Rio de Janeiro
11 pacientes em São Paulo
2 pacientes em Santa Catarina.

A pessoa mais velha tem 68 anos, e a mais nova, 20. Outros 59 possíveis casos já haviam sido descartados pelo governo brasileiro.

“Não faz sentido testar todo mundo para coronavírus’, diz David Uip