Um grande grupo sem fins lucrativos montou uma rede global de laboratórios para analisar dados de potenciais vacinas contra a covid-19, permitindo que cientistas e farmacêuticas comparem os imunizantes e acelerem o processo de seleção das doses mais eficazes. A rede é a primeira do tipo a ser organizada em resposta a uma pandemia.

Antes de anunciar os laboratórios envolvidos, Melanie Saville, diretora de vacinação na Coalizão para Inovação na Preparação para Epidemias (CEPI), disse que a ideia é “comparar maçãs com outras maçãs” enquanto a indústria farmacêutica corre para criar uma vacina. A rede abrange seis laboratórios em Canadá, Inglaterra, Itália, Holanda, Bangladesh e Índia, que centralizarão a análise das diferentes amostras. (Com agências internacionais)