Após cerca de 11 meses convivendo com o coronavírus, a comunidade científica continua desvendando o funcionamento do micro-organismo e suas consequências para a saúde do corpo humano.

A grande quantidade de trombos e o aumento nos casos de acidente vascular cerebral (AVC) em pacientes graves mostram que o Sars-CoV-2 também tem efeitos vasculares, apesar de ser, primariamente, um vírus respiratório, e vem intrigando especialistas.

 

BSIP/UNIVERSAL IMAGES GROUP VIA GETTY IMAGES

 

Porém, os pesquisadores estão cada vez mais perto de entender a relação entre o coronavírus e a formação de coágulos. Segundo um estudo feito com 172 pacientes internados com Covid-19 acompanhados por pesquisadores da Universidade de Michigan, nos Estados Unidos, cerca de 50% deles produzia desordenadamente anticorpos que podem provocar trombose.

Para ler a matéria completa no Portal Metrópoles, parceiro da Banda B, clique aqui.