O Brasil bateu um novo recorde diário de registro de mortes por Covid-19, com 60 novos óbitos, e agora tem 359 óbitos confirmados, segundo dados do Ministério da Saúde divulgados nesta sexta-feira (3).

O recorde anterior havia sido registrado na quinta, com 58 mortes confirmadas em apenas um dia.

Em São Paulo, o número de mortes por coronavírus triplicou em uma semana. O estado registrou nesta sexta 219 óbitos relacionados à Covid-19. Na sexta passada, eram computadas 68 mortes.

 

Foto: Geraldo Bubniak/AEN

 

Dessas 219 mortes, 24 tinham mais de 90 anos; 57 entre 80-89 anos; 66 entre 70-79 e 45 de 60-69 anos. As demais vítimas incluem pessoas com menos de 60 com comorbidades que, assim como os idosos, representam grupo mais vulnerável a complicações da Covid-19.

Com os novos dados, o país também já soma 9.056 casos confirmados da doença. O número representa um salto de 15% em relação ao dia anterior, quando eram contabilizados 7.910 casos.

O ministério, porém, tem informado que o número real de casos tende a ser maior, já que são testados apenas os casos graves, de pacientes internados em hospitais, e há casos represados à espera de confirmação.

Reportagem do jornal Folha de S.Paulo mostrou que equipes de atenção básica em várias cidades e estados afirmam que a subnotificação ao Ministério da Saúde de casos suspeitos tem sido gigantesca. Dizem ainda que, sem uma portaria específica do ministério, médicos têm se guiado por notas técnicas locais com orientações distintas.