A Polícia Civil acredita que três pessoas tenham participado da morte de George Humberto Bini, de 44 anos, que teve o corpo incendiado em Almirante Tamandaré, na região metropolitana de Curitiba. De acordo com informações reveladas pelo delegado Thiago Dantas neste sábado (14), a namorada Sandra Mara Santos Faria e o ex-marido dela, Antônio Carlos Faria, são os principais suspeitos pelo crime. O segundo, inclusive, teve mandado de prisão cumprido nesta sexta-feira (13).

Bini morreu aos 44 anos

De acordo com Dantas, várias contradições nos depoimentos de Sandra e Antônio levaram à conclusão dos investigadores. Entre elas, está o fato dos dois terem trocado mais de 50 ligações telefônicas entre os dias 28 e 29 de agosto. “Ao que parece, o Antônio é um dos executores do crime. Quando ainda era testemunha, ele alegou que não falava com Sandra há pelo menos 15 dias, mas a quebra do sigilo comprova o contrário. Ele também diz que não conhecia Bini, mas temos elementos de uma desavença anterior entre os dois”, explicou o delegado.

Outro elemento bastante forte para a prisão são imagens de câmeras de segurança obtidas pela Polícia Civil perto da casa da vítima. Nelas, é possível perceber os carros de Sandra e Antônio passando nas imagens com uma diferença de 30 segundos.

Bini foi encontrado carbonizado às margens da Estrada do Marmeleiro. Sandra chegou a registrar boletim de desaparecimento na mesma madrugada do crime.

Sandra é procurada e Antônio está preso (Reprodução)

Durante as investigações, a polícia descobriu ainda que Antônio comprou um sonífero uma semana antes. Mesmo com o corpo carbonizado, a o delegado pediu exame toxicológico para verificar se há algum indício da substância.

O terceiro preso é sobrinho de Antônio, que a polícia acredita ter auxiliado na morte de Bini.

Motivação

Segundo Dantas, a polícia ainda não sabe ao certo a motivação que levou ao crime, já que ninguém confessou participação até o momento.

Com a apresentação dos elementos comprobatórios a Antônio, ele afirmou na delegacia que só irá falar em juízo.

“Ao que tudo indica, a vítima era ciumenta e sempre perseguia Sandra. Ele pode ter tentado evitar encontros dela com o Antônio e isso resultou no crime”, disse.

A Delegacia de Almirante Tamandaré segue investigando o caso.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Namorada é procurada pela morte de homem que teve corpo incendiado

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.