Os 25 desembargadores do Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Paraná  julgam nesta segunda-feira (20) um Habeas Corpus para trancar uma investigação do Ministério Público cujo alvo é o deputado estadual Ricardo Arruda (PL).

ricardo arruda
Divulgação Alep

O parlamentar é investigado pela suspeita de crime de injúria e difamação. Na sessão plenária na Assembleia Legislativa do dia 19 de abril de 2023, o deputado bolsonarista acusou o petista Renato Freitas de ser “invasor de igreja, usuário de drogas, de andar com assassinos vinculados ao PCC” e disse ainda que o parlamentar do PT “levava uma vida diferente, uma vida da escuridão, no mundo das trevas, no mundo das drogas, da bandidagem”.

O Ministério Público do Paraná abriu uma investigação para apurar se Ricardo Arruda praticou crime de injuria e difamação contra Renato Freitas. O caso ainda esta em apuração. Mas o advogado Jeffrey Chiquini, que defende Ricardo Arruda, entrou com um HC no TJ para trancar esta investigação.

Para ler a matéria no Blog Politicamente, parceiro da Banda B, clique aqui.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

TJ julga pedido para trancar investigação contra Ricardo Arruda 

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.