Viralizou nas redes sociais na última semana a vida de uma golden retriever do Paraná. Docinho, é uma filhote que chamou à atenção dos internautas devido à sua condição médica, que faz com que sua cabeça tenha um formato diferente. Ela nasceu com hidrocefalia, que é uma malformação na qual uma grande quantidade de líquido cefalorraquidiano se acumula no sistema ventricular do encéfalo.

Tutora de golden retriever mostra como é rotina ao lado de cadela com hidrocefalia no Paraná: "Ela é um amor"
Docinho tem oito meses e recebe tratamento contra hidrocefalia. Foto: @docinho.a.golden

Docinho nasceu em janeiro de 2023, em Bandeirantes, no Norte do Paraná. No mês seguinte, em fevereiro, ela conheceu os tutores Tamy Oliveira e Willian Silva.

“A mãe da docinho é da minha tia. Ela teve vários filhotes e fui para a cidade da minha vó, em Bandeirantes, no Carnaval. Minha tia falou dela! Eu voltei e trouxe a Docinho para Apucarana que é onde eu moro. Ela é um amor!”, conta Tamy Oliveira em entrevista à Banda B

No entanto, logo que Tamy trouxe Docinho para Apucarana, que também fica no Norte do Paraná, o cachorro teve os primeiros episódios de convulsão.

“Eu vi na internet e disseram que ela tinha expectativa de vida de apenas quatro meses, eu fiquei desesperada”, conta Tamy.

Como era na época do Carnaval, não havia nenhum veterinário aberto na cidade. Foi então que o casal Tamy e Willian descobriram que chás de Erva Cidreira poderiam acalmar cachorros.

“Ai depois desse dia nós fomos para o veterinário e nós levamos ela la. No começo do tratamento da hidrocefalia, ela tomou 4 remédios por dia durante 20 dias. Depois disso, ela toma até hoje, Gardenal e Omeprazol”, diz

Constante tratamento

Tamy destaca para a importância de manter o tratamento contra a hidrocefalia. Se a doença não for controlada, as convulsões costumam crescer. Além disso, há aumento de líquido na cabeça do animal, já que há pressão no cérebro. A doença, se não for tratada pode levar a morte.

“Quando ela era pequena tinha dificuldade de erguer a cabeça, não conseguia pular, subir no sofá. Ela é mais devagar para aprender as coisas, não desce a escada, se você joga alguma coisa ela não consegue assimilar que ela tem que ir lá e comer”, conta

Perfil informativo

Quando perceberam que o cachorro precisava de cuidados especiais, Tamy e Willian decidiram criar um perfil de Instagram e de TikTok para compartilhar a rotina ao lado da cadela, que tem 8 meses. As publicações, em formato de vlogs, têm o intuito de informar e mostrar que os pets com hidrocefalia podem sim ter uma vida normal.

“Eu sempre quis ter criado um Tik Tok para ela, mas fiquei com medo que as pessoas tirassem sarro da cabeça. Muitas pessoas não sabiam que tinham pets com hidrocefalia. Tem gente que tem pet e disse que não sabia o que fazer após a convulsão”

Além dos feedbacks positivos do conteúdo, é importante ressaltar que Docinho é muito elogiada pelos internautas nas redes sociais. “Coisinha mais linda e abençoada a Docinho ♥️♥️♥️”, disse uma internauta. Outra destacou: “És uma princesa, Docinho! Estamos amando acompanhar sua rotina! Obrigada por alegras nossos dias. Parabéns papais, por todo cuidado e carinho”.

Acompanhe um dos vídeos da Docinho no Instagram

Instagram e Tik Tok: @docinho.a.golden

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Tutora de golden retriever mostra como é rotina ao lado de cadela com hidrocefalia no Paraná: “Ela é um amor”

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.