Osvaldo Arns Neto, filho do senador paranaense Flávio Arns, morreu aos 48 anos. O falecimento foi confirmado em comunicado divulgado pela família na manhã deste domingo (20).

Osvaldo estava internado há 48 dias após complicações decorrentes de uma pneumonia. O Governo do Estado lamentou a morte do filho do senador.

O senador Flávio Arns e o filho Osvaldo Arns Neto – Foto: Reprodução/Facebook

No comunicado assinado pelos pais, Odenise e Flávio Arns, e pela irmã Carol Arns, a família afirma que ele “lutou até o final, assim como fez durante seus 48 anos de vida”. Leia na íntegra:

“Com uma tristeza profunda, comunicamos o falecimento de nosso amado filho e irmão Osvaldo Arns Neto. Nosso grande e querido Osvaldo descansou depois de tantos dias de luta. Lutou até o final, assim como fez durante seus 48 anos de vida. Uma vida linda, vivida sempre com alegria, entusiasmo, garra e, acima de tudo, muito amor. Osvaldo, você sempre será nossa luz. Siga seu caminho em paz, filho e irmão amado.”

O corpo de Osvaldo está sendo velado, até as 22h deste domingo, na Capela 2 do Cemitério Parque Iguaçu, em Curitiba, e será retomado a partir das 8h de segunda-feira. O sepultamento será nesta segunda-feira (21), às 14h, no mesmo local.

Esclerose Tuberosa

Filho primogênito de Odenise e Flávio Arns, teve a vida marcada pela superação de muitos desafios. Osvaldo nasceu com Esclerose Tuberosa, uma doença rara que impactou seu desenvolvimento intelectual e motor. Desde a infância, precisou ser submetido a diversas cirurgias e tratamentos e sempre superou as expectativas dadas pelos médicos.

Em função das necessidades vivenciadas por Osvaldo, Odenise e Flávio Arns, ambos professores, trilharam o caminho da educação especial. Enveredaram-se na luta pelos direitos das pessoas com deficiência, atuando junto a movimentos sociais voltados para a área, como as Apaes, escolas especiais, Pestalozzis e demais entidades congêneres no Paraná e no Brasil. Esse envolvimento motivou o ingresso de Flávio Arns na vida pública.

Arns é senador da República pelo estado do Paraná desde 2019, foi Vice-Governador do Paraná de 2011 a 2014 e Secretário de Assuntos Estratégicos do Paraná de 2015 a 2017. Antes, foi Deputado Federal por três mandatos (1991 a 1994/ 1995 a 1998/ 1999 a 2002) e Senador da República de 2003 a 2010.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Após mais de um mês internado, filho do senador Flávio Arns morre aos 48 anos

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.