A concessionária EPR Litoral Pioneiro, que assume a concessão da BR-277, entre Curitiba e o Litoral do Paraná, diz já ter um projeto para resolver em definitivo os problemas da rodovia. O trecho foi um dos principais afetados com o fim da concessão anterior. Por dois anos, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) agiu de forma emergencial para conter problemas em pavimento e deslizamentos de rochas. A EPR assume o trecho a partir da zero hora desta quarta-feira (28).

image-15-3
Foto: Roberto Dziura Jr/AEN

De acordo com o diretor executivo da empresa, Roberto Longman, os esforços de melhoria devem se concentrar já no primeiro mês da concessão.

“Nós vamos entrar fazendo uma solução paliativa, para dar mais fluidez ao tráfego, mas já estruturamos um projeto de intervenção definitiva no trecho do quilômetro 40. Já nos primeiros meses, vamos ter uma solução. O Viaduto dos Padres é um dos pontos de atenção, que tem uma situação muito difícil de pavimento, então vamos fazer um movimento muito significativo para melhoria dessas questões”, afirmou.

Com relação as encostas, a EPR anunciou que terá uma estrutura de gerenciamento, com professores do Paraná, para acompanhamento e monitoramento da Serra do Mar.

Em caso de necessidade, o usuário poderá acionar o telefone 0800 277 0153.

Câmeras no trecho

Segundo a concessionária, há uma conversa com a Polícia Rodoviária Federal (PRF) e o Porto de Paranaguá, para que investimentos sejam feitos para poder ter câmeras em 100% do trecho, melhorando a condição também de segurança pública.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Concessionária diz já ter projeto definitivo para Serra do Mar e promete monitoramento integral das encostas

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.