Estragos do furacão Maria começaram na Ilha Dominica – Reprodução Twitter

O primeiro-ministro da Martinica, Roosevelt Skerrit, afirmou que “mais de 15” pessoas morreram e 20 estão desaparecidas, após o furacão Maria atingir a ilha do Caribe. Skerrit chorou ao falar a um repórter na ilha vizinha de Antígua

O premiê afirmou que foi um milagre que o número de mortos não tenha chegado a centenas. O olho do furacão de categoria 4 atingiu Dominica com violência no fim da segunda-feira e no início da terça-feira, destruiu centenas de casas e interrompeu o sistema de comunicações da montanhosa ilha. O aeroporto local também foi fechado.

“Nós vamos precisar de toda a ajuda que o mundo tem a oferecer”, disse Skerrit.

Fonte: Associated Press.