Um homem de 33 anos confessou ser o responsável pela morte da médica e influenciadora digital russa Yekaterina Semochkina, admitindo à polícia em Moscou que desferiu golpes de faca durante um ataque de fúria após ela ter zombado de seu desempenho sexual.

Influenciadora digital Ekaterina Semochkina Foto: Instagram (@katti_loves_life) / Reprodução

A jovem de 24 anos, que havia se formado recentemente na Universidade Médica de Pesquisa Nacional Russa, foi encontrada morta sem roupas dentro de uma mala em seu apartamento na capital do país no último sábado. O autor do crime, identificado como Maxim Gareyev, de nacionalidade britânica, foi preso. Daqui a dois meses, deve ocorrer um julgamento sobre o caso, de acordo com a imprensa local.

Para ler a matéria completa no Extra, clique aqui.