O atacante Anderson Aquino e o meia Wanderson se destacaram na vitória de hoje por 2 a 1 em cima do ASA. O primeiro estreou com a camisa tricolor e marcou o segundo gol da partida. Já o segundo, foi o responsável pelas duas assistências do jogo, além de ter criado as principais oportunidades de gol. Após o fim do duelo, os dois comemoraram o resultado, já que o Paraná não vencia desde 31 de julho.

“Fico feliz, tenho um carinho enorme pelo Paraná, foi onde eu comecei antes de ir para o Atlético. Me senti confiante, à vontade, o grupo foi ótimo comigo. Espero melhorar cada vez mais. Espero continuar assim, eu vim pra isso, pra ajudar. Minha melhor forma de ajudar é com gols, correndo, com determinação”, disse Anderson Aquino.

Wanderson acredita que o Paraná teve bom volume de jogo, mas ainda precisa melhorar, pois o campeonato é muito difícil. Ele falou ainda sobre a lesão que o afastou de várias partidas do Tricolor: “Lesão é ruim para todo jogador, mas pra mim já passou. Agora é um novo momento, espero que o Paraná possa voltar a pontuar como foi antes da Copa”.

Para o meia, a situação incômoda de não vencer há várias rodadas vinha incomodando o elenco paranista. “Ninguém gosta de perder, de viver a situação que o Paraná estava, mas as coisas estão voltando a dar certo para a gente”, completou Wanderson, eleito o melhor em campo pela equipe Banda B.

Anderson Aquino revelou que a jogada do gol que marcou não foi ensaiada entre ele e Wanderson. “Não deu tempo de combinar, porque no jogo é diferente, é preciso improvisar. E foi o que aconteceu na jogada do gol, o Wanderson me viu, tocou e eu peguei bem na bola”, explicou o atacante.