Pela segunda vez em duas semanas, o julgamento do recurso do Coritiba foi adiado pelo STJD. Da primeira vez o motivo foram as fortes chuvas no Rio de Janeiro, que impediram que cinco dos nove auditores comparecessem ao tribunal. Remarcado para hoje, a justificativa para o novo adiamento é um problema de saúde do promotor Caio Rocha, que não teria como viajar à capital carioca.

“Fomos comunicados ontem à noite sobre o adiamento. Ainda não há nova data marcada, então ficamos na expectativa. Pode ser já na próxima quinta-feira (22), que é o dia que as sessões acontecem”, disse o advogado do Coritiba, Gustavo Nadalin, ao jornal Gazeta do Povo.

O recurso do Coxa tem a intenção de reduzir a pena imposta pelo STJD ao clube, depois da confusão generalizada no Couto Pereira, no dia em que o time foi rebaixado à Série B. O clube foi multado em R$ 100 mil e ainda perdeu 10 mandos de campo.

O Coritiba espera ser absolvido da multa, porque sabe que uma anulação completa da pena seria muito difícil. Por isso, já conseguiu um estádio para mandar os 10 jogos da Série B fora de Curitiba. As partidas serão na Arena Joinville, em Santa Catarina.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Julgamento alviverde é novamente adiado pelo STJD

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.