O volante Arilson, do Coritiba, não teve complicações após o susto no jogo de volta da semifinal do Campeonato Paranaense, contra o Maringá. O atleta sofreu um choque de cabeça ainda no primeiro tempo e precisou deixar o Couto Pereira de ambulância durante o intervalo de partida. O receio do clube era de que o jogador havia sofrido uma concussão cerebral.

Após o choque, Arilson recebeu três atendimentos na beira do gramado, antes de deixar o jogo. Os médicos do Coritiba não conseguiram estancar o sangramento, e o volante precisou trocar várias vezes de camisa e reforçar o curativo na região da testa. Somente quando viu que o atleta não teria condições de seguir, o técnico Guto Ferreira colocou Matheus Bianqui em campo, aos 49 minutos do primeiro tempo.

Depois dos primeiros cuidados no hospital, Arilson foi para a sua casa, onde se encontra sob observação médica. Caso não apresente nenhum problema, o atleta deve retornar aos treinamentos do Coritiba ainda nesta semana, no CT da Graciosa. Contratação do Alviverde para 2024, o volante terminou o Estadual como titular absoluto e já soma dez jogos na atual temporada.

Coritiba realiza intertemporada

O Coritiba volta a campo somente no dia 19 de abril, quando visita a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, em Campinas. Na noite desta terça-feira (27), o clube definiu a permanência do técnico Guto Ferreira para a sequência da temporada. Até a estreia na Série B, única competição que restou no calendário da equipe, o Alviverde foca totalmente em sua preparação de intertemporada.

Arilson, volante do Coritiba.
Arilson precisou ser levado de ambulância ao hospital. Foto: Gabriel Thá/Coritiba

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Coritiba: Arilson fica em observação após susto na semifinal

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.