Paulo André é um dos jogadores que já disputou o Paranaense e a Libertadores. (Geraldo Bubniak/AGB)

O Athletico ainda estuda a possibilidade de colocar alguns jogadores do time principal na segunda partida da final do Campeonato Paranaense contra o Toledo. O motivo para a dúvida é que o Furacão joga três dias depois contra o Jorge Wilstermann, em partida decisiva pela Libertadores.

“Isso ainda vai ser construído no decorrer da semana. Vamos conversar com o Tiago [Nunes] e traçar o planejamento. É o último jogo, então é importante contar com toda ajuda e força possível”, declarou o técnico Rafael Guanaes.

No total, o Furacão conta com 13 jogadores que estão inscritos no Campeonato Paranaense e na Libertadores: os goleiros Léo e Caio, os zagueiros Paulo André, Zé Ivaldo e Robson Bambu, os volantes Erick e Matheus Rossetto, os meias Léo Cittadini e João Pedro e os atacantes Gabriel Poveda, Anderson Plata, Jáderson e Bergson.

Dos inscritos nas duas competições, seis estiveram em campo na derrota por 1 a 0 sobre o Toledo: Léo, Zé Ivaldo, Robson Bambu, Erick, Bergson, Jáderson e Gabriel Poveda. Já Paulo André, Matheus Rossetto e Léo Cittadini ficaram de fora, mas já jogaram no estadual.

Athletico e Toledo disputam a segunda partida da final do Campeonato Paranaense no próximo domingo (21), às 16h, na Arena da Baixada. O Furacão precisa vencer por dois gols de diferença para garantir o título no tempo normal. Já o Toledo necessita apenas de um empate para ganhar o estadual pela primeira vez na história.

Assista à entrevista do técnico Rafael Guanaes

Entrevista coletiva técnico Rafael Guanaes

Posted by Esporte Banda B on Sunday, April 14, 2019