O Athletico está na final do Campeonato Paranaense. Na noite desta quarta-feira (27), o Furacão venceu o Operário por 1×0 (3×1 no agregado), na Ligga Arena, pelo duelo de volta da semifinal. Ainda em comemoração pelo seu aniversário de cem anos, o Rubro-Negro contou com uma bonita festa de sua torcida e bateu o Fantasma pela segunda vez. Zapelli marcou o gol do triunfo, no primeiro tempo.

O Athletico agora enfrenta na grande final o Maringá, que eliminou o Coritiba. O confronto de ida acontece neste sábado (30), às 17h, no Wllie Davids, enquanto a volta está marcada para o dia 6 de abril, na Ligga Arena. Entre esses dois jogos, o Furacão estreia na Copa Sul-Americana, diante do Sportivo Ameliano, do Paraguai na terça-feira (02), em Assunção.

O jogo do Athletico

Por estar atrás no agregado, o Operário jogou solto desde o começo do jogo. Logo no início, Léo Linck salvou o Athletico, em lance cara a cara, depois de uma falha grotesca de Julimar. Ronaldo, de cabeça, e Vinicius Diniz também pararam no goleiro rubro-negro, que rapidamente se tornou o melhor em campo. Por outro lado, o Furacão, com a vantagem “debaixo do braço”, atuou em um ritmo devagar, mas foi mais efetivo do que o Fantasma. Já na reta final da primeira etapa, Zapelli recebeu de Mastriani e fuzilou no canto do goleiro Rafael Santos: 1×0, Athletico em vantagem no intervalo.

No segundo tempo, o Operário foi de vez para o tudo ou nada, mas sem criar o mesmo volume de chances. O Athletico, por sua vez, passou a administrar ainda mais o resultado e não expôs o seu sistema defensivo. Neste ritmo cadenciado, o Furacão levou a vantagem até o final e não permitiu que o Fantasma ameaçasse a classificação. Fim de jogo: 1×0, Furacão na final pelo segundo ano consecutivo.

Ficha técnica

CAMPEONATO PARANAENSE
Semifinal – Jogo de volta

ATHLETICO 1×0 OPERÁRIO

Athletico
Léo Linck; Léo Godoy (Madson), Kaique Rocha, Thiago Heleno e Esquivel (Fernando); Fernandinho, Erick, Christian e Zapelli (Alex Santana); Julimar (Cuello) e Mastriani (Pablo). Técnico: Cuca

Operário
Rafael Santos; Pacheco (Erick Bessa), Alemão, Willian Machado e Pará; Índio, Vinicius Diniz (Neto Paraíba) e Cássio Gabriel (Guilherme Pira) (Luidy); Filipe Claudino (Maxwell), Ronaldo e Felipe Augusto. Técnico: Rafael Guanaes

Local: Ligga Arena
Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior
Assistentes: Leandro Polli Glugoski e Andrey Luiz de Freitas
VAR: Rodolpho Toski Marques
Gols: Zapelli aos 43′ do 1°T
Cartões amarelos: Zapelli, Julimar e Alex Santana (CAP); Pacheco, Alemão, Lucas Hipólito, Willian Machado e Rafael Santos (OPE)
Renda: R$ 1.228.565,00
Público total: 35.298

Athletico x Maringá se enfrentaram na Arena.
Zapelli marcou para o Furacão no primeiro tempo. Foto: Ernani Ogata/Código 19

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Athletico vence o Operário mais uma vez e avança à final

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.