Nesta quarta-feira de Cinzas (17), a torcida do Paranavaí tem motivos de sobra para ir ao Estádio Waldemiro Wagner para ver o confronto entre ACP Paranavaí e Coritiba. O jogo coloca frente a frente o time com 100% de desempenho em casa (o Paranavaí) e o com 100% de desempenho em todo a competição, o Coritiba.

O Vermelhinho é hoje o melhor time do interior com 13 pontos e o Coritiba, disparado, o melhor do estado com 21 pontos.

O técnico do Vermelhinho, Itamar Bernardes, espera surpreender o time coxa do Paranaense. Os torcedores de Paranavaí têm na memória a decisão do título estadual em 2003, quando ACP e o Coritiba chegaram invictos à decisão e o Coritiba venceu a final por 2×0, no Couto Pereira.

Em 2007, o ACP deu o troco e com brilhante campanha, sem perder para as equipes da capital, levantou o caneco.

Agora, as duas equipes se enfrentam novamente e a de Paranavaí quer seguir fazendo o dever de casa. “Vamos ver uma forma para surpreender o Coritiba”, diz Itamar Bernardes, que era também o técnico em 2003.

No time de 2003 também estavam o goleiro Vilson, o lateral Daniel Marques e o zagueiro Alex Noronha e hoje eles estão novamente defendendo as cores vermelha e branca do ACP.

Bernardes ainda não decidiu quem será o substituto de Rilber, artilheiro do time, e suspenso pelo terceiro cartão.

Está aqui a surpresa? Se optar por Duda, ele manterá o time no mesmo padrão dos jogos anteriores (quadrado no meio), assim como a possível entrada de Marcos Goiano. Se optar por Jean Carlos, então o time ganha força e velocidade na frente.

Pelas projeções do técnico Itamar, se o ACP vencer mais três jogos dos seis restantes da primeira fase, o time estará classificado e, possivelmente, na quarta posição

Fonte: VALDINEI FEITOSA – Da Redação Diário do Noroeste

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Paranavaí encara Coritiba nesta quarta feira de Cinzas (17)

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.