O time do Atlético pouco mudou daquele que foi vice-campeão estadual e foi eliminado nas oitavas-de-final da Copa do Brasil pelo Palmeiras. Apenas três reforços desembarcaram no CT do Caju: os laterais Lisa e Wagner Diniz e o zagueiro Leandro. A diretoria segue em busca de jogadores de nível para aumentar a qualidade (duvidosa) da equipe rubro-negra.

A meta da comissão técnica é fazer uma campanha diferente da realizada nos últimos anos, quando o Furacão apenas lutou para não ser rebaixado. Por isso, o técnico Leandro Niehues projetou que a equipe some muitos pontos nestes sete jogos antes da parada para a Copa do Mundo, porque assim, o Atlético não precisará correr atrás de pontos no final do campeonato.

Mas a torcida está receosa – e com razão. O Atlético não tem peças de reposição à altura de jogadores importantes, como Paulo Baier e Márcio Azevedo. Caso algum deles não possa jogar, o rendimento da equipe cai drasticamente. A diretoria jura que está tentando resolver este problema, mas até agora nada.

Problemas de lesão têm atrapalhado a montagem do time que entra em campo amanhã, contra o Corinthians, no Pacaembu. O artilheiro da equipe, Bruno Mineiro, segue no departamento médico tratando de uma entorse no tornozelo esquerdo. Tartá, Valencia e Jean também estão lesionados.

Dessa forma, o ataque titular do Atlético para a estreia no Brasileiro será formado por Javier Toledo e Marcelo, atletas que nunca atuaram juntos. Com essa formação, o time fica sem um centroavante fixo na área. A opção para o decorrer do jogo é Alex Mineiro, que estará no banco de reservas.

De resto, o único desfalque é o zagueiro Manoel, suspenso pelo STJD em quatro partidas. Leandro será titular no setor defensivo. O atleta, aliás, foi muito elogiado por Niehues ao longo da semana. Bruno Costa jogará pelo lado esquerdo da zaga, porque o treinador que usar Chico como segundo volante, ao lado de Alan Bahia. Outra novidade é a entrada de Wagner Diniz na ala direita, depois de oito meses sem participar de um jogo oficial.

Fora essas mudanças, a equipe é velha conhecida da torcida rubro-negra: Neto, Leandro, Rhodolfo e Bruno Costa; Wagner Diniz, Alan Bahia, Chico, Paulo Baier e Márcio Azevedo; Marcelo e Javier Toledo.

“É bom que venha o time titular do Corinthians e nós, dentro de nossas características, vamos fazer um bom jogo. Eles devem tentar sufocar no começo. Temos situações preparadas para atacar e defender e nossos jogadores estão bem treinados. O favorito é o Corinthians. E não podemos usar desculpas de que o nosso grupo está reduzido e os reforços não chegaram. Isso é transferir responsabilidade e temos que assumir que nosso grupo é esse. Não vamos fugir disso”, disse Niehues.

FICHA TÉCNICA

Corinthians
Felipe; Alessandro, Chicão, William e Roberto Carlos; Ralf, Elias e Danilo; Jorge Henrique, Dentinho e Ronaldo.
Técnico: Mano Menezes

Atlético
Neto, Leandro, Rhodolfo e Bruno Costa; Wagner Diniz, Alan Bahia, ChicoPaulo Baier e Márcio Azevedo; Marcelo e Javier Toledo
Técnico: Leandro Niehues

Data: 09/05/2010
Horário: 16h
Local: Estádio do Pacaembu – São Paulo (SP)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (FIFA – RJ)
Auxiliares: Dibert Pedrosa Moisés (RJ) e Rodrigo Pereira Joia (RJ)

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Atlético vai em busca de 'algo a mais' no Brasileiro

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.