Ancelotti e Guardiola foram dois dos especulados nos últimos meses. Foto: Reprodução/Twitter UEFA Champions League

O presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Ednaldo Rodrigues, deve ir até a Europa nas próximas semanas para definir o novo técnico da seleção brasileira.

A CBF tem como prioridade um treinador europeu para substituir Tite como comandante da seleção. A busca é por um nome com status de ‘inquestionável’.

O presidente Ednaldo Rodrigues centraliza a decisão e deve viajar à Europa nas próximas semanas para definir o próximo técnico.

Contatos serão intensificados a partir desta quarta (18), um dia após Tite ir até a sede da CBF para assinar sua rescisão contratual.

O que está por trás

Ronaldo Fenômeno se colocou à disposição de Ednaldo para ajudar a realizar os contatos com nomes mais consagrados, como é desejo do cartola no primeiro momento.

O pentacampeão, porém, ainda não foi acionado pelo presidente. Ednaldo também é próximo de Andres Sanchez, ex-presidente do Corinthians, mas a decisão deve partir da opinião do próprio mandatário.

Carlo Ancelotti e Pep Guardiola estão descartados. Ambos querem cumprir contrato com Real Madrid e Manchester City, respectivamente.

O presidente Ednaldo tem outros nomes europeus em pauta, mas não vê nenhum com o mesmo patamar de unanimidade. A preferência é por alguém que fale português ou espanhol.

Comunicar erro

Comunique a redação sobre erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página.

Presidente da CBF deve ir à Europa por novo técnico; Ronaldo oferece ajuda

OBS: o título e link da página são enviados diretamente para a nossa equipe.