Milton do Ó é técnico do Rolândia (Divulgação/FC Cascavel)

O ex-zagueiro do Paraná e atual técnico do Rolândia, Milton do Ó, acredita que a pandemia que paralisou os campeonato estaduais em todo o Brasil servirá como aprendizado para diversos jogadores de futebol no país. O treinador, que comandará a equipe do interior paranaense na Série Prata deste ano, conversou com a Banda B, durante o programa Balanço Esportivo, e analisou os prós e contras do impacto do coronavírus no esporte.

“Todos temos sofrido com essa realidade e incerteza. Muita gente tem buscado sobreviver no meio do jeito que dá. No Rolândia, todos os contratos foram suspensos. Eu continuo técnico, mas sem salário. Muitos dos acordos com atletas serão revistos nos valores e dependerá de cada um para assinar o contrato. Mas, mesmo assim, acredito que essa deflação nos valores dos salários será positiva para o futebol, até para gerar uma conscientização e inteligência emocional maior nos atletas. O clube poderá voltar a ser o mais importante”, analisou o também ex-comentarista da Rádio Banda B.

Milton do Ó, assim como a diretoria do Rolândia, aguarda agora a liberação da Federação Paranaense de Futebol para o retorno dos treinos da equipe do interior.

“Aguardamos apenas o ‘sinal verde’ da FPF para retornar e montar o planejamento. Incluusive, muitos atletas que não mostraram interesse em disputar a segunda divisão do Paranaense agora sentiram a necessidade de garantir uma vaga, devido às incertezas do calendário”, completou.