Rio Branco está nas quartas de final do Paranaense. (Reprodução/Facebook)

Ainda sem uma certeza de quando voltará aos treinamentos para a disputa do mata-mata do Campeonato Paranaense, o Rio Branco se preocupa em como vai pagar os testes do elenco e da comissão técnica para diagnosticar a Covid-19.

Em entrevista à Banda B, o presidente do Rio Branco, Erminho, admitiu que o clube não tem como bancar os testes. “A gente não sabe nem qual é o valor dos testes. Se falar que para vocês que temos condições de bancar, eu vou estar mentindo. A situação do Rio Branco é complicada e a gente depende também de uma posição da [Secretária da] Saúde e da Federação. Ainda não chegou nada para nós e estamos na espera. Se chegar essa situação de fazer o teste, a diretoria tem que sentar para saber qual vai ser o procedimento”, disse.

O clube de Paranaguá já está tendo um custo a mais com a renovação de contrato de alguns jogadores para a reta final do Campeonato Paranaense. “Tudo que faz hoje tem um custo. Só que o Rio Branco tem que os jogadores no BID para todos estarem ok e o clube não tenha alguma punição. A gente vem fazendo de tudo para acertar todas as situações e o clube não seja penalizado depois”, explicou o presidente.

Dos oito times do Campeonato Paranaense, apenas o Coritiba já realizou os testes em seus jogadores e membros da comissão técnica. O clube informou que todos os testados não foram diagnosticados com o novo coronavírus.