O meia Rosinei, ex-Coxa e Tricolor, se envolveu em confusão que resultou na demissão do treinador Ney da Matta (Divulgação/Coritiba)

O meio-campo Rosinei, com passagens pelo Coritiba e pelo Paraná Clube, foi pivô de uma briga que resultou na demissão do técnico Ney da Matta, no CSA-AL. No treino da última quinta-feira (7), no CT do Mutange, o jogador e o treinador discutiram e chegaram a trocar socos.

A confusão teve início depois de uma discussão entre o meio-campista e outro atleta da equipe. O comandante interviu e iniciou uma discussão com o jogador, que acabou nas vias de fato. Após a demissão de Ney da Matta, os jogadores do CSA-AL resolveram se manifestar através de entrevista coletiva, na manhã desta sexta-feira (8), criticando a postura do antigo técnico.

“Desde a chegada do treinador aqui, nós vimos que ele não tinha uma facilidade para ligar com o grupo. Então, havia um grande desgaste desde o início e nós estávamos suportando, pois temos um objetivo muito grande e respeito com a camisa do CSA. Só que ontem acabou havendo um fato no treinamento, uma discussão entre dois jogadores, que acontece. Ele acabou intervindo, teve uma discussão com o jogador e, covardemente, ele acabou acertando um soco”, disse o meia Daniel Costa em pronunciamento à imprensa.

Aos 34 anos, Rosinei acumula passagens por clubes como Corinthians, Internacional e Atlético-MG. Em 2014, ele defendeu as cores do Coritiba e deixou o Alto da Glória em 2015 para atuar pelo Paraná Clube. Depois, passou por Tigres-RJ, Fortaleza e Almirante Barroso-SC, antes de chegar nesta temporada ao CSA-AL.